A Feira Orgânica da Glória é a pioneira no comércio dos orgânicos no Rio de Janeiro

Foto de Vanessa Ferreira
Foto de Vanessa Ferreira / Olhar Saudável

Após 16 anos de sua criação, a feira passou a ser administrada pela ABIO e integra o Circuito Carioca de Feiras Orgânicas

A primeira vez que a Feira Orgânica da Glória realizou suas atividades foi no ano de 1992, logo após a realização da ECO-92, que, com a finalidade de discutir sobre os impactos no meio ambiente, deixou para o Rio de Janeiro a herança de se pensar sobre a importância da conscientização acerca do tema.

Durante o período, funcionou por uma semana e retornou somente em 1994, quando foi oficialmente criada. A feira foi a primeira a comercializar produtos orgânicos na Cidade do Rio de Janeiro, sendo a pioneira em abrir espaços para outras possibilidades na esfera da alimentação saudável e sustentável.

Ela foi também porta de entrada para o escoamento dos produtos cultivados pelos poucos agricultores familiares, na época, e para a mudança neste cenário. Pois, durante o ano de 2007, os produtores orgânicos vivenciavam uma crise por não terem opções para a comercialização de seus alimentos. Pensando nisso, a ABIO retornou às origens e iniciou o Circuito Carioca de Feiras Orgânicas, com o apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação (SMDEI), em 2010.

Após 16 anos de sua criação, a Feira Orgânica da Glória passou a ser administrada pela ABIO e integra o circuito, ao lado de outras feiras que aos poucos foram se espalhando pelas Zonas Sul e Norte carioca. Hoje, ela conta com o total de 37 bancas, sendo algumas de produtores do Rio de Janeiro, como a Agroprata, por exemplo.

“A criação do Circuito Carioca de Feiras Orgânicas trouxe segurança para a  feira, porque ao estar legalizado, há um decreto que te protege. Isso fortalece e muito o comércio dos orgânicos, que vem crescendo bastante, embora a Feira da Glória já tenha um bom movimento. Agora, os feirantes e produtores têm  respaldo, com a certificação.” Explica Luciana Gomes de Moraes, gerente da Feira Orgânica da Glória.

De acordo com a coordenadora, desde o seu início, a feira sempre foi ligada não só à área orgânica, como também à cultural. Além da venda dos produtos, do fortalecimento da conscientização alimentar e da produção sustentável, há atividades como teatro, música, contação de história e circo. A fidelização de clientes ao espaço é outra questão interessante para ser observada. Os profissionais que atuam na feira acompanham gerações de famílias, que iniciaram o consumo ali e repassaram o costume para filhos e netos.

No entanto, a feira orgânica ainda precisa de apoio, que Luciana afirma ser importante para consolidar ainda mais a importância dos produtores e feirantes locais. “Precisamos do olhar de entidades ligadas à sustentabilidade, por exemplo. Que elas integrem o comércio orgânico, realizando rodas de conversas e palestras em prol da conscientização dos clientes. A iniciativa do Projeto Olhar Saudável é ótima, pois traz justamente visibilidade para o trabalho de todos os envolvidos no circuito”. Comenta.

Foto de Vanessa Ferreira
Foto de Vanessa Ferreira / Olhar Saudável

*A Feira Orgânica da Glória funciona todos os sábados, das 7h às 13h, na Praça do Russel, situada na Rua do Russel, na Glória.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: