Projeto A.Ch.A promove encontro entre chefs e agricultores orgânicos no Rio de Janeiro

Claudia Vasconcellos / Foto de Simone Carrocino

A iniciativa visa aproximar os profissionais da gastronomia e do campo, valorizando a produção orgânica no estado. Confira

O projeto A.Ch.A, apresentado aqui, no portal do Olhar Saudável, realizou na última terça-feira, dia 11/09, o segundo encontro entre chefs e agricultores orgânicos, no Rio de Janeiro. A iniciativa tem a finalidade de acompanhar os trabalhos desenvolvidos nos sítios, promover rodas de conversas sobre a produção dos alimentos, evidenciando os desafios nesta atividade, e estreitar as relações entre os profissionais da gastronomia e do campo.

Desta vez, os anfitriões da reunião foram os produtores Isabel Yamaguchi Xavier e Augusto Xavier, integrantes do grupo Raiz Forte, do Sistema Participativo da ABIO (SPG-ABIO), responsáveis pelo sítio Bakamart, em Seropédica.

Para o evento, participaram os chefs Carlos Yuza, Jessica Trindade, Yan Thompson, Claudia Vasconcellos, Teresa Corção (presidente do Instituto Maniva) e Ronaldo Canha – convidado do projeto. Também estiveram presentes Simone Carrocino, fotógrafa do coletivo Olhar Saudável; Gabriel Mello e Lívia Bilheiro, técnicos dos professores Antonio Abboud e Anelise Dias, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ); Beatriz Daflon, estagiária e estudante da UFRRJ; Sueny Pinhel, gerente de projetos da GeoPrecisa; Patrícia Castro e Eric Quintella, supervisora e técnico da EMATER-Rio; Victor Borin e Raquel Sarinho, agrônomo e consultora jurídica do A.Ch.A; Francine Xavier e Flavia Brito, idealizadoras do A.Ch.A – sócias da Cambucá Consultoria.

“No sítio, a Isabel nos recebeu com uma linda mesa de frutas e durante o café fizemos a nossa primeira roda de conversa do dia, que foi bem legal, pois os agricultores puderam expor as suas experiências e os chefs tiveram a oportunidade de se aproximarem, entenderem a realidade no campo e perceberem o quão difícil é a rotina destes profissionais.” Comenta Flavia Brito.

Flavia também relata sobre o acompanhamento que todos os visitantes fizeram na produção de tomates e de outros alimentos cultivados por Isabel. Aliás, todos colocaram a mão na massa, esta foi uma ideia da agricultora. Neste caso, foi realizada a colheita, a separação das oito variedades dos tomates propostos pelo projeto, a pesagem e a separação das cotas que serão distribuídas aos consumidores.

“É importante essa relação, pois transparece bastante para o chef, o trabalho e os desafios da produção de alimentos orgânicos, em especial nas condições que a agricultura familiar se encontra, no Brasil. É notório o carinho e a dedicação que as pessoas têm com os produtos que elas recebem. Ficou muito clara essa sinergia, o agricultor entregando o seu produto, que é um filho para ele, e o chef recebendo essa dadiva, que o proporcionará a criação de pratos incríveis.” Comenta Francine Xavier.

Para as idealizadoras, esse e outros encontros abrem o caminho para se pensar diferente na maneira de comercializar os produtos cultivados pelos agricultores orgânicos. Essa é a proposta do A.Ch.A: transformar a forma como o consumidor se relaciona com quem produz o alimento, valorizando a atuação do cultivo feito de maneira ética e saudável no campo.

Screenshot_2018-09-15-10-32-17-1
Flavia Brito e Francine Xavier / Foto de Simone Carrocino

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: